Áreas de Atuação

Educação Médica

 

 Formação Médica Pré-Graduada

 

O ensino médico pré-graduado ocorre em Portugal exclusivamente em Instituições de Ensino Superior Públicas, regidas pelo Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior, no âmbito do Concurso Geral de Acesso, Concurso Especial para Titulares do Grau de Licenciado e Concurso para Titulares de Outros Graus Superiores. Além do crescente aumento do numerus clausus verificado nos últimos 20 anos e conseguinte necessidade de resolução da atual saturação da capacidade das escolas médicas, deverá também ser analisada a rede formativa nacional na área de estudos da Medicina, com vista a eventual redistribuição regional dos estudantes. Importa revalidar o acesso ao Mestrado Integrado em Medicina sob uma forma igualitária na totalidade das escolas médicas existentes, condição essa que garante a hierarquização dos candidatos nas respetivas opções de candidatura sob as mesmas condições.

Uma vez que a procura por formar médicos mais capazes e com maior qualidade para exercer Medicina em qualquer parte do Mundo é uma obrigação das Escolas Médicas, deve-se procurar oportunidades de melhoria destas, e apresentá-las aos órgãos de decisão, servindo a ANEM como força impulsionadora da mudança. 

Consulta AQUI o Programa Nacional na íntegra

 

PROGRAMA NACIONAL PRINCIPAL DAS ATIVIDADES

em atualização

 

 

 Envolvimento Estudantil

 

A importância do envolvimento estudantil é cientificamente reconhecida a nível internacional como fundamental para a melhoria dos currículos formativos e exercício ativo da cidadania.

Importa, portanto, que os estudantes tenham uma postura ativa junto das organizações de Ensino Superior, que sejam capazes de ter a iniciativa de investigar e apresentar propostas e que discutam de forma fundamentada e séria as alterações que são necessárias introduzir para terem acesso a uma formação de excelência. 

Consulta AQUI o Programa Nacional na íntegra

 

PROGRAMA NACIONAL PRINCIPAL DAS ATIVIDADES 

em atualização

 

 

 Acesso ao Internato Médico

 

Decorrentes das recentes alterações ao Regime Jurídico do Internato Médico, estão ainda pendentes diversas questões que põem em causa a justiça no acesso ao mesmo, nomeadamente no que se refere à Prova Nacional de Acesso e à equiparação das médias estatísticas. É, por isso, dever da ANEM lutar pela justa resolução destes problemas.

A importância de informar os estudantes sobre o processo pelo qual passarão mal concluam o seu curso poderá prevenir erros decorrentes do desconhecimento existente e tornará a candidatura mais simples e fluída. Adicionalmente, os estudantes têm grande interesse em conhecer previamente os locais de formação que poderão escolher para frequentar o Internato Médico, com todas as vantagens e limitações dos mesmos. Por último, há que reconhecer a importância crescente da emigração para realização do Internato, pelo que as informações disponibilizadas não se deverão limitar ao Internato Médico em Portugal. 

Consulta AQUI o Programa Nacional na íntegra

 

PROGRAMA NACIONAL PRINCIPAL DAS ATIVIDADES

em atualização