Áreas de Atuação

Intercâmbios

 

 Promoção da Qualidade Académica em Intercâmbios

 

A Qualidade Académica de um intercâmbio é de importância fundamental para o cumprimento dos seus objetivos, contribuindo para a mesma qualquer atividade ou processo que torna o intercâmbio numa oportunidade educacional ou de desenvolvimento profissional.

Para tornar esta experiência enriquecedora para os nossos alunos incoming é necessário que haja tutores, estágios e projetos de qualidade, que haja um acompanhamento e um outcome objetivo dos estágios.

Ao aumentarmos a Qualidade Académica, estaremos a aumentar o impacto dos Intercâmbios. Tal poderá refletir-se em maior reconhecimento por parte das Faculdades, maior número de projetos científicos e um maior número de estudantes a participar em intercâmbios. Poderemos assim atingir um maior crescimento cultural e profissional dos nossos estudantes e dos estudantes estrangeiros, promovendo a consciência da multiculturalidade da Medicina. Em suma, médicos melhores e melhor preparados. 

Consulta AQUI o Programa Nacional na íntegra

 

PROGRAMA NACIONAL PRINCIPAL DAS ATIVIDADES

em atualização

 

 

 Intercâmbios Clínicos

 

Atualmente, 100 National Member Organizations (NMOs) representadas na IFMSA são ativas no Standing Committee on Professional Exchange (SCOPE), tendo Portugal contratos com 70 destas NMOs. Todos os anos, cerca de 10.000 estudantes de Medicina de todo o mundo participam neste programa, tornando-o no maior programa de mobilidade organizado por estudantes e para estudantes.

Consulta AQUI o Programa Nacional na íntegra

  

PROGRAMA NACIONAL PRINCIPAL DAS ATIVIDADES

em atualização

 

 

 Intercâmbios Científicos

 

A missão primária do Standing Committee on Research Exchange (SCORE) é fornecer projetos de investigação intensivos e com foco que permitirão aos estudantes de Medicina expandir os seus conhecimentos em áreas científicas específicas à sua escolha, ao mesmo tempo em que encoraja a formação profissional e o desenvolvimento de redes de contactos internacionais.

Atualmente, o SCORE envolve mais de 67 Organizações Estudantis Nacionais – NMOs - oferecendo mais de 3.000 projetos de para fornecer a mais de 2.400 estudantes de Medicina do mundo todo a oportunidade de participar no programa de intercâmbios de investigação da IFMSA e aprender princípios básicos de uma investigação médica. 

Consulta AQUI o Programa Nacional na íntegra

 

PROGRAMA NACIONAL PRINCIPAL DAS ATIVIDADES

em atualização

 

 

 Complemento Sócio Cultural aos Intercâmbios

 

No sentido de tornar os programas de intercâmbios mais apelativos para os alunos incoming, bem como meio de promover o turismo e cultura portugueses, foram inicialmente instaurados os Programas Sociais Nacionais. Estes programas, realizados em julho e agosto no Porto e em Lisboa, consistem cada um num fim-de-semana nos quais os estudantes de Medicina estrangeiros a realizar intercâmbio em Portugal podem conhecer os principais locais, tradições e atividades turísticas das cidades acima referidas. O interesse dos alunos é grande, com um número médio de participantes por fim-de-semana de 150 (à data da proposta do programa).

Sob outra perspetiva, foi também criada a atividade CouchExchange, que visa proporcionar aos alunos incoming a oportunidade de serem recebidos pelo Contact Person de outra cidade. Esta veio promover não só o turismo em cidades além de Porto e Lisboa, como também colmatar a inexistência de programas sociais nacionais ao longo de todo o ano (fora dos meses de verão).

Adicionalmente, é também essencial que os nossos alunos outgoings conheçam o conceito de choque cultural, exemplificando métodos de como os estudantes se podem preparar para o mesmo, assim como clarificando o conceito de Saúde Global, ao comparar diferentes sistemas de Saúde e identificar os determinantes de Saúde do país de destino. 

Consulta AQUI o Programa Nacional na íntegra

 

PROGRAMA NACIONAL PRINCIPAL DAS ATIVIDADES 

em atualização