Programa Nacional de Educação Não Formal

Garantia de Qualidade

Um dos aspetos do PNENF que o torna único a nível nacional e internacional é a dedicação e investimento na garantia da qualidade do projeto, dos formadores nacionais e formadores locais. Por um lado, ao nível da coordenação nacional, o projeto foi desenhado tendo por base os pilares de qualidade avançados pelo Manual of Quality Assurance of Non-Formal Educationa Framework for Youth Organizations (Fórum Europeu da Juventude, 2013).

Além disso, os monitores devem seguir e avaliar um conjunto de indicadores e sub-indicadores de qualidade, avaliados e estudados pelos formadores nacionais, de forma a melhor corresponderem às necessidades do PNENF. Estes parâmetros, assim como os conteúdos de cada uma das áreas das soft skills que serão transmitidas aos estudantes de medicina, foram discutidos dentro de um grupo de 10 trainers (formadores) da IFMSA portugueses com elevada experiência em training. Durante todo o programa, existirá uma grande abertura para feedback por parte dos formandos nacionais e locais, incorporando ao longo de todo o PNENF o espírito da ENF. Adicionalmente, questionários de avaliação quantitativa das formações locais serão implementados, para perceber de que forma as expectativas estão a ser correspondidas.

Por fim, pretenderemos aplicar aos formandos locais uma avaliação que tentará perceber quais as diferenças de preparação dos participantes encontradas na sua auto-percepção das soft skills abordadas pelo PNENF. Estes resultados serão comparados com um grupo controlo que não participou no PNENF, o que nos permitirá também gerar evidência acerca da relevância da educação não-formal para estudantes, particularmente estudantes de medicina.